FASES DA 1ª GUERRA MUNDIAL

Preenchimento de lacunas

Escreve nos espaços em branco as palavras adequadas. Clica em "Verificar" para verificar as respostas. Usa o botão "Pista" para veres uma letra da resposta se tiveres dúvidas. Também podes clicar no botão "[?]" para veres uma pista. Nota: perderás pontos de cada vez que pedires uma letra ou pista!
   1914      1917      1918      alemães      armistício      artilharia      aviação      Bélgica      Batalha do Marne      doenças      EUA      França      gás      guerra de movimentos      lama      Novembro      ocidental      piolhos      rápidos      Rússia      Somme      tanques      trincheiras      Verdun   
A primeira fase é também como conhecida por . Desenrolou-se entre Agosto e Novembro de . Caracterizou-se por movimentos dos exércitos. Os atravessaram o território da , que era um país neutral, para atingir a . Foram detidos pelos ingleses e franceses na . Acabou por haver uma estabilização dos exércitos, devido à eficácia cada vez maior da , mas também a problemas de logística do próprio exército alemão.
A segunda fase é conhecida como guerra de posições ou guerra de . Durou desde Novembro de 1914 até ao final de . Os exércitos foram obrigados a escavar, ao longo das frentes, longos sistemas de valas e bunkers para se abrigarem, as trincheiras. Aí, a situação dos soldados era muito dura, estando sujeitos ao mau tempo, à , aos ataques da artilharia, da e do . Eram também muito más as condições de higiene, sendo frequentes as e oas ataques de parasitas, como os . Cada saída das trincheiras implicava a morte de milhares de homens, sem qualquer avanço na linha da frente. Foi o que aconteceu nas Batalhas do e de .
A terceira fase é conhecida como regresso à guerra de movimentos. Durou desde os finais de 1917 até . Quando a saiu da guerra, os alemães libertaram exércitos para a frente . Mas, nessa altura, já os tinham entrado na guerra, trazendo mais homens e novas armas (), que permitiram desequilibrar a balança a favor dos Aliados. A Alemanha acabou por ficar sozinha na guerra, depois da derrota da Áustria, Turquia e Bulgária e pediu o , que foi assinado no dia 11 de de 1918.